link href='http://ufonts.com/css?family=Plume+DaMa+Bold' rel='stylesheet' type='text/css'/> Diamond Teen - O seu site teen, tudo sobre comportamento, beleza, moda e horóscopo Amor não é produto de liquidação - Diamond Teen - O seu site teen, tudo sobre comportamento, beleza, moda e horóscopo Sexy Pink Heart - Text Select

Amor não é produto de liquidação











Amor não é produto de liquidação, não pode nem deve ser vendido na feira, não tem essa de quem chegar primeiro leva, ou que o mais bonito não paga. Paga sim e amor tem preço embora assim como a saúde ele não possa ser comprado.



 Quem ama tem um preço alto a pagar, deve ser por isso que muita gente prefere não entrar nessa, amor é coisa que exige, que suga, que exige cuidado redobrado, amor é ir além das forças matinais, é fazer o que ninguém fez, é se preocupar com o que ninguém se preocupa é propor-se e nem todo mundo tem saco, forças ou paciência para isso.




 Tem gente que jura que prefere viver só, deve ser pela razão de que o amor também machuca. Tem muitas pessoas amando o amor e não o ser amado, amam amar, mas nem ao certo sabem se amam. Amor para muitos tomou sentido de banalização, virou escapatória para curar solidão, hoje eu amo o Pedro, amanhã o João, hoje eu morreria por eles feito Julieta, amanhã nem sequer lembro de quem são.
 É muita imensidão de palavras, tão vazias de significado, tão pouco de sentimentos. Infelizmente ou não, não viemos com etiqueta, presta ou não presta, serve ou não serve, o que demonstra o que parece bom para nós são as situações.




O amor deveria ser uma extensão de nós mesmos, deveria ser uma peça sagrada, como água no deserto, difícil de ter acesso. Teria que ser a chave capaz de abrir ferraduras enferrujadas, deveria quebrar resistências, isso sim seria perfeito, seria humanidade.



 Tenho pena de amores defasados por pura covardia de ser feliz, assim como tenho pena de quem ama mais o outro que a si mesmo. Sim pois todo amor vem da primeiridade que é o amor próprio, quem não ama a si mesmo como pode esperar ser amado? E como se pode pisar em si mesmo só para ver o outro feliz? Lamento mas amor que jamais pensa em si não é amor é obsessão. Amor não é produto mas é preciso equilibrá-lo colocar em uma balança, olhar para ambos os lados.




Me dói no coração ver tanta gente mal amada e tanta gente amando mal, é terrível ver tantas pessoas bonitas correndo sem rumo, mendigando amor e atenção, agindo desesperadamente, se jogando em qualquer relação e aceitando qualquer tratamento.



Sair de um namoro, um casamento e ir para outro e mais outro sem um propósito claro, além de passar o tempo nos leva aonde? Me desculpe mas o tempo vai passar e querendo ou não e ele é crucial, então qual o pretexto não aproveitá-lo bem? Porque não passar seu tempo de uma maneira que realmente te faça feliz com alguém que realmente te faça bem?




 Não se oferte, não apodreça. Amor não é fruta de feira, mas como elas precisam estar maduras para que nos alimentemos, nós também precisamos amadurecer para viver o amor. Amadurecimento leva tempo, gera um certo desconforto mas só assim se chega ao ponto onde se deseja chegar.




 Se você não se sente pronto para o amor porque não dar um sossego para o seu coração e o dos outros? Qual o problema em ficar só? Nenhum, isso é auto-conhecimento! Tirar um tempo para conhecer a você mesmo, rever seus passos, repensar seus atos, dar-se conta de que merece o melhor e não menos, é o que podes fazer quando notar que definitivamente não está bem consigo mesmo.
Só se fechando para um balanço por um tempo, é que você poderá finalmente descobrir o momento certo para recomeçar e verá que nem era um negócio tão complicado esse lance de amor.





Gostou desse artigo? Então não deixe de interagir conosco! Compartilhe nos botões abaixo e deixe seu comentário! Será um prazer recebê-lo ;)

Um comentário:

  1. Oi!

    Eu também nunca entendi porque as pessoas têm essa necessidade de sempre estar com alguém, mesmo quando sentem que não querem fazer isso. Cada um tem seu tempo e decide como gastá-lo, por favor! Não vamos ser influenciados pelos outros.

    Amor não dá em árvore, muito menos está sendo vendido por preço acessível em algum lugar.

    Amei seu texto e amei tudo por aqui *-*

    Beijos!

    Sonhos na Bolsa

    ResponderExcluir